top of page

Peeling Químico

Atualizado: 21 de fev.

O peeling químico é um tipo de tratamento realizado através da aplicação de ácidos sobre a pele para retirar as camadas danificadas e promover o crescimento de uma camada lisa, podendo ser feito para eliminar manchas, linhas de expressão, secagem de acne e promover uma pele muito mais saudável e viçosa.

ATENÇÃO! O peeling químico não pode ser comprado em, farmácias ou lojas de produtos cosméticos. Jamais aplique ácidos de alta porcentagem em casa, pois deve ser aplicado por um profissional especializado, como dermatologista ou fisioterapeuta dermatofuncional, para evitar complicações graves como queimadura da pele. Os sérum renovadores e clareadores podem ser utilizados em casa com ácidos de baixa porcentagem e indicados por um profissional.

Rosto descamando, peeling químico
Peeling químico

Além da utilização na face, o peeling químico pode ser usado em outras partes do corpo, como colo, mãos e entre outros para tratar manchas e promover o rejuvenescimento da área a ser tratada.

O tratamento é indicado para homens e mulheres a partir de 16 anos (Menor de idade tem que possuir o consentimento e presença do responsável).

O tratamento com Peeling Químico é rápido e traz resultados visíveis logo após a primeira sessão, depois de 20 dias da aplicação.

A sessão do procedimento dura cerca de 30 á 60 minutos, dependendo do protocolo a ser praticado.

A profissional determinará quantas sessões serão necessárias, e qual será o intervalo de tempo entre elas.

 

Quais os ácidos mais utilizados no peeling químico?


Existem diversos ácidos para praticar o peeling químico, cada um com sua forma de ação e profundidade especifica. Sendo que cada um age para o tratamento específico de uma condição.

*Pacientes com acne e pele oleosa por exemplo, pode receber a indicação de peeling de Jeesner, ácido salicílico, ácido glicólico e/ou mandélico.

Outro ácido que podemos considerar, dependendo do grau de acne e quantidade de manchas e o grau de envelhecimento da pele do paciente, é o ácido tricloroacético, conhecido como ATA, pode ser combinado com outros agentes para a realização de um peeling químico de profundidade média.


Benefícios do peeling químico


O peeling químico é ótimo aliado na beleza da pele da face e do corpo.

É possível mencionar diversos benefícios a pele após o tratamento de peeling químico. A pele retoma o viço de antes, os poros sofrem redução, as linhas de expressão e as rugas são minimizadas de forma efetiva.

Os principais benefícios do peeling químico incluem:

  • Redução das cicatrizes de acne e de acidentes;

  • Renovação das camadas de pele, melhorando a aparência da pele;

  • Redução das manchas de idade ou sol;

  • Eliminação de rugas e linhas de expressão.

  • Controle de melasma.

  • Secagem de acnes ativas.

O peeling químico, reduz a oleosidade da pele, aumenta a produção de colágeno, e previne o aparecimento de cravos e espinhas.

Os resultados do peeling químico dependem do tipo de peeling, se superficial, médio ou profundo, e das características da pele, sendo o resultado mais satisfatório em peles mais claras.


Cuidados pós peeling químico

Após o peeling químico a pele fica muito sensível e, por isso, é recomendado evitar a exposição ao sol, usar filtro solar de 4 em 4 horas e evitar tocar na área tratada. A exposição solar após um peeling químico pode resultar no efeito rebote, ocasionando manchas na pele (escuras ou claras a depender do tom da pele do paciente) e resultar até em queimadura.

Além disso é importante usar cremes hidratantes, manter uma hidratação adequada e intensiva para manter a pele saudável, tornando o processo de cicatrização mais rápido e reduzindo a possibilidade de reações adversas.

É importante, também, lavar a pele tratada com um sabonete especifico indicado pelo profissional, para evitar a irritação da área, não esfoliar a pele ou criar atrito com a toalha após o banho, além de ser indicado borrifar água termal na região tratada para evitar a vermelhidão e a ardência do local.

É recomendado voltar ao profissional que realizou o procedimento caso a irritação seja muito grande para que se possa indicar o uso de creme com corticoides, por exemplo.


Os peelings superficiais, em que ocorre leve ou nenhuma descamação, tem recuperação de quatro dias em média. Já o peeling químico médio ou profundo demandam mais atenção, sendo que a recuperação parcial ocorre em até 15 dias.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page